página Inicial CDS Brasil
Serviços
Links Úteis Parceiros Contato
espaço
Notícias  >>  Notícias
Imóvel vale a pena?

Para os conservadores, o imóvel é a garantia de um lucro pequeno, mas certo. Para os céticos, não há nenhum ganho real. Apesar das divergências, agora é o momento para observar com atenção as oportunidades no mercado imobiliário. A tendência é de que o preço dos imóveis caia ainda mais porque a crise deve frear a compra de bens mais caros. “O mercado tinha uma bolha de demanda. Hoje tem retração. Tanto o preço dos imóveis residenciais quanto o dos comerciais deve sofrer depreciação nos próximos seis meses”, diz William Eid Júnior, coordenador do Centro de Estudos em Finanças da Fundação Getulio Vargas de São Paulo. Você pode aproveitar esse momento de três maneiras simples. Confira a seguir.

COMPRE UM IMÓVEL E ALUGUE 1 - O rendimento médio pode ficar entre 0,5% e 1% ao mês sobre o valor do imóvel. A regra vale tanto para os bens residenciais quanto para os comerciais.

Residencial: Prefira apartamentos pequenos, pois são fáceis de alugar. Se você pagar 50 000 reais por uma quitinete vai alugá-la por 500 reais ao mês. “Com 200 000 reais, compre quatro quitinetes em vez de um apartamento grande, que renderia uns 1 200 reais de aluguel por mês”, diz William Eid.
Comercial: Agora, os imóveis comerciais são ótimos investimentos. “Você consegue um aluguel entre 0,8% a 1% ao mês sobre o preço do imóvel, principalmente em salas”, diz Carla dos Santos, da CDS Brasil.
Fique atento: “O investidor tem de se lembrar que sobre a renda do aluguel terá que recolher até 27,5% de Imposto de Renda (IR), pagar a taxa de corretagem da empresa que locou o imóvel, lidar com a possibilidade de o imóvel ficar vazio por meses, o que implicaria gastos adicionais de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). O ganho mensal não é líquido”, diz Fabiano Calil, sócio da Fabiano Calil Gestão de Riquezas, de São Paulo.

COMPRE E REVENDA POR UM PREÇO MAIOR 2 - O mercado imobiliário ganhou fôlego há oito anos e cresceu, em média, entre 5% e 7% ao ano. “O aumento nas vendas bateu os 80% em 2007 e 40% em 2008”, diz João Crestana, presidente do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP).

Imóvel na planta: O maior risco de comprar um imóvel na planta é o prazo de entrega não ser cumprido ou a construtora falir. A tendência é que o imóvel se valorize até o lançamento. “Se você comprar um imóvel por 100 000 reais na planta, certamente valerá 120 000 reais na entrega das chaves”, diz João Crestana.
Imóvel usado: Para quem pretende adquirir um imóvel usado, a boa opção são os leilões. Os imóveis financiados e inadimplentes são leiloados com preços abaixo dos de mercado. Imóveis com mais de 20 anos são uma pechincha.
Fique atento: A expectativa para 2009, de acordo com estimativa do Secovi-SP, é que as vendas de imóveis fiquem abaixo dos números registrados nos últimos dois anos.

INVISTA EM TERRENOS
3 - Comprar um terreno em um local com perspectiva de desenvolvimento urbano e depois revendê-lo.

Fique atento: Vale se o imóvel estiver localizado em uma região que receberá benfeitorias. “Terá boa valorização pela localização, e não apenas pela construção”, diz Fábio Colombo, administrador de investimentos, de São Paulo.

Fundos com boa valorização
Veja os fundos que renderam mais do que o Certificado de Depósito Interbancário (CDI)*:
FII Proj Água Branca 12, 46%
F JK II 12, 00%
FII Continental Square Faria Lima 11, 91%
FII Hospital Nossa Senhora de Lourdes 11, 52%
F Financial Center II 11, 35%
FII Hospital da Criança 10, 77%
FII Edifício Ourinvest 10, 67%
CSHG Brasil Shopping FII 10, 36%
CDI 10, 20%

*Em 2008
Obs.: fundos imobiliários com distribuição isenta de Imposto de Renda para pessoas físicas, na forma da legislação vigente. CDI com remuneração líquida de Imposto de Renda (alíquota de 17,5%).
Fonte: Sérgio Belleza

APLICAÇÕES MAIS SOFISTICADAS

Fundos imobiliários

Os fundos imobiliários são isentos da taxa de administração para pessoas físicas. “Por meio deles, o investidor consegue ter acesso a empreendimentos de primeira linha”, diz Sérgio Belleza, sócio da Brazil Partners, consultoria de fundos imobiliários, de São Paulo. Mas, para investir, você deve saber que a liquidez é baixa e não há indicadores de preços organizados no mercado. “Além do mais, os contratos são de longo prazo”, diz Fabiano Calil.

Ações de construtoras

As ações das construtoras caíram mais de 80% em 2008. Pode ser uma boa hora para comprar, mas é preciso ver a saúde financeira das empresas. “Elas começaram a mostrar seus balanços recentemente, é preciso observar os resultados antes de se arriscar”, diz Fábio Colombo.

Fuja dos micos

Os lofts, que já tiveram seus dias de glória, hoje estão decadentes. São difíceis de vender e os preços estão em queda. É a mesma situação dos flats.

Paixão por construções

O engenheiro paulista Carlos Roberto Della Libera Filho, 29 anos, adquiriu recentemente uma casa antiga por 80 000 reais em São Paulo em uma região com alta demanda por galpões pequenos. “Vou investir mais 100 000 reais para construir um galpão e depois alugá-lo por 3 500 reais por mês e ter uma rentabilidade de 2%, maior do que qualquer rendimento de mercado.” Se ele quiser vender o galpão poderá conseguir até 360 000 reais.

Retirado de :www.ivoliraimoveis.com.br

  voltar
   
 
Home
CDS Brasil
Empresa
Currículos
Parceiros
Links úteis
Serviços
Notícias
Notícias
Entrevistas
Entre em contato
CDS Brasil Soluções Financeiras
Rua Casa Forte, 708, Água Fria
São Paulo - SP - 02336-040
cdsbrasil@cdsbrasil.com.br
desenvolvido por